Introdução


O leite materno é o alimento completo que contém todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento saudável do bebê, tais como: vitaminas, sais minerais, água, gorduras, anticorpos . Segundo recomendações do Ministério da Saúde o aleitamento materno deve ser exclusivo até os seis meses e a partir dessa idade devem receber alimentos complementares (sopas, papas, etc.) e manter o aleitamento materno até 2 anos de idade ou mais.

O Banco de Leite Humano (BLH) “Dr. José Eduardo Ungari” da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Carlos foi fundado em 05 de outubro de 2001, com o principal objetivo de incentivar o aleitamento materno e processamento do leite humano doado para atender necessidades nutricionais dos recém nascidos prematuros internados na UTI Neonatal da Santa Casa de São Carlos.

O Banco de Leite Humano é um centro especializado responsável pela promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e execução de atividades de coleta de leite humano, do processamento, controle de qualidade e distribuição. É uma instituição sem fins lucrativos, sendo vedada a comercialização dos produtos coletados, processados e distribuídos pelo mesmo.

Por que doar leite materno?


O leite materno é importante para todos os bebês, principalmente para os que estão internados e não podem ser amamentados pela própria mãe. Se você está amamentando, procure o nosso Banco de Leite e seja uma doadora. Seu gesto de solidariedade significa vida para uma criança.

O leite doado ao Banco de Leite da Santa Casa será disponibilizado para os bebês internados na UTI neonatal do nosso hospital.

Atividades desenvolvidas no Banco de leite


Atender qualquer mãe da cidade com intercorrências mamárias e dificuldades em relação ao aleitamento materno;

Realiza atendimento a mães que estão amamentando e retornam ao trabalho. Faz orientações sobre como realizar a ordenha do leite, armazenamento e descongelamento na residência.

Realiza captação e triagem de doadoras de leite humano;

Responsável pela coleta e transporte do leite coletado em domicílio pela doadora;

Realiza processamento, pasteurização, armazenamento e distribuição do leite humano e controle da qualidade.

Quem pode doar leite humano?


Toda mãe que amamenta é uma possível doadora de leite humano.

Como doar?


Compareça ao Banco de Leite com seu cartão de pré-natal e o cartão do seu bebê.

Nesta uma primeira visita ao Banco de Leite, funcionárias treinadas e qualificadas realizarão uma triagem, cadastro e orientações sobre a coleta. Serão colhidos alguns exames. A mãe receberá do Banco de Leite Humano todos os materiais necessários e orientações por escrito.

Toda a coleta de leite é realizada em casa, em frasco estéril, e armazenada no freezer ou congelador da doadora.

Uma vez por semana uma funcionária do Banco de Leite Humano realizará visita domiciliar, onde estará realizando também o transporte do leite coletado, tirando dúvidas e levando materiais necessários.

Processamento do leite


Todo o leite recebido no BLH conta com rigoroso controle de qualidade, desde o transporte do leite do domicílio ao BLH até a distribuição ao receptor. O BLH segue normas estabelecidas pela Vigilância Sanitária. O leite humano doado, após passar por processo que envolve seleção, classificação e pasteurização, é distribuído com qualidade certificada aos bebês.

Importante


É contra-indicado o aleitamento materno cruzado. Todo leite humano oferecido a bebês de mulheres que não seja a mãe biológica deve ser processado (pasteurizado). (RDC/ANVISA N.171/2006)